sexta-feira, 3 de setembro de 2010

PROXIMO AMOR

Divergências ocorrem ao pronunciar esta singela palavra, muitas vezes proferidas de forma evasiva e por pessoas erradas, que não idealizam seu verdadeiro significado. Num momento em minha vida, acreditei mais no real amor, tantas vezes escutei um eu te amo e um pouco mais a frente observei tamanha injustiça, elas não foram ditas com o coração, sabemos que para amar, necessitamos de uma série de fatores, que em conjunto podem favorecer verdadeiramente este elo de ligação entre as pessoas. A cada dia busco aprender mais, às vezes nos decepcionamos, pensamos que não valeu a pena, porém amar faz parte, lógico que sempre esperamos uma recíproca a altura, quando este não vem , logo aparece as contradições e dessa maneira devemos erguer a cabeça e seguir adiante, favorecendo em seu intimo que valeu a pena demonstrar tamanho sentimento verdadeiro. A experiência é um doa fatores relevantes, nessa busca insensata, aprendo muito com meus erros, entro com tudo para superar tamanha desconfiança e ir além do que eu possa imaginar, tentando contemplar a pessoa amada, completando sua vida e não se apoderando,mostrando um propósito único. Sinto falta de um grande beijo, daquela acelerada ao ver a pessoa amada, dos carinhos mais sinceros do mundo e de momentos sublimes jamais esquecidos, olhando hoje, tento não limitar-se, vou procurando adequar-se a realidade e mostrando minhas qualidades e também descobrindo meus defeitos, almejando uma pessoa que mereça um amor sincero, deixando assim a saudade até o próximo amor...

Marcos Paulo

Um comentário:

  1. "Sinto falta de um grande beijo, daquela acelerada ao ver a pessoa amada, dos carinhos mais sinceros do mundo e de momentos sublimes..."

    Ah Moça, que lindo.

    ResponderExcluir